Adestra Campinas

Pastor Belga – Adestra Campinas

O Pastor belga é uma raça de cães que possue variedades de aparência bastante distintas entre si: Groenendael, Laekenois, Malinois e Tervueren. O FCI classifica a raça Pastor Belga possuindo essas variedades, porém outros clubes de canicultura tratam as variedades como raças separadas.

Todas as variedades possuem o mesmo tamanho e temperamento em comum, diferindo-se apenas no pêlo e superficialmente.

Aparência

O tamanho é médio. Machos medem entre 61 á 66 centímetros e pesam aproximadamente 30 kg. Fêmeas são menores e mais esbeltas.Eles não costumam ser obesos e sempre estão em ótima forma.

Groenendael

O Groenendael é reconhecido através de seu distinto pêlo preto.

Laekenois

O Laekenois é reconhecido através de seu pêlo lanoso marrom e branco.

Malinois

O Malinois é reconhecido através de seu pêlo curto marrom e amarelo, e suas orelhas, face, e focinho pretos.

Tervueren

O Tervueren é reconhecido através de seu pêlo duplo grosso, geralmente mogno com variações de revestimento preto, incluindo uma máscara preta. Uma pequena parte branca no tórax é permitida, assim como pontas dos pés brancas. Tervueren ainda pode ser escuros ou cinzas, mas alguns países desconsideram esta variedade.

Groenendael: pêlo preto

Laekenois: pêlo lanoso

Malinois: pêlo curto

Tervueren: pelagem dupla e grossa

Temperamento

Pastores Belgas foram selecionados por serem inteligentes, alertas e atentos à tudo que acontece ao redor deles, e para desenvolver laços de relações extremamente fortes. Isto significa que eles necessitam uma socialização significante quando filhotes, passagem de vida bastante ativa, e irão procurar estar todo o tempo com o “seu humano”, preferivelmente fazendo alguma atividade do que ficar esperando do lado do dono. Podem achar bastante difícil ficar a sós.

Os Malinois são cães muito inteligentes e que respondem com muita facilidade a estímulos. Da mesma maneira, se não forem socializados, estimulados, enquanto filhotes, podem desenvolver uma espécie de `receio` ou `medo`. Essa falta de socialização e o modo como ela é demonstrada é comum em quase todas as raças caninas, porém parece que há uma tendência maior de os filhotes de Malinois desenvolverem fobias e receios se não forem adequadamente socializados.

Os Pastores Belgas gostam de agradar, e podem reagir muito mal a treinamentos “negativos” (baseados em punições ou intimidações), e devem ser treinados apenas em treinos baseados em recompensas. Também podem se comportar como se pensassem que são mais espertos que seus donos, então é importante para o dono saber como treinar cães ou então registrá-los em canis de adestramento. Treinamento profissional é altamente recomendável por treinadores/academias especificamente à este tipo de cão, bem como treinamento contínuo ou o desenvolvimento que vai além do básico, como obediência, agility e pastoreio e outros esportes. Isto porque os Pastores Belgas, como uma regra, requerem estimulação mental tanto quanto ou mais do que física. A maioria dos donos de Belgas sabem que treinos baseados em rotinas não são o ideal para eles. Nem exercícios repetitivos são uma atividade que irá se provar bem sucedida. Se o Belga faz algo bem feito por três vezes seguidas, ele, ou ela, não vê sentido em fazê-lo pela quarta vêz!

Pastores Belgas precisam de muita atividade e interação muito próxima das pessoas. Como a maioria das raças de pastoreio, precisam de um trabalho para fazer (seja jogar frisbee no parque, pastoreio, aprender truques, agility). Tocar um brinquedo sem parar para o cão ir buscar funciona para algumas outras raças, mas os Belgas são cães inteligentes e sociáveis que podem facilmente ficarem entediados com uma repetição tão simples e complacente. Muitos Belgas dão maginíficos cães de assistência que prosperam em saber que seu trabalho é de fato necessário para aquela pessoa escolhida.

Cuidados

São amplamente considerados serem um belo cão, leais, inteligentes, divertidos, assim como bem apropriados para a vida em família. Porém, por causa da sua alta sensitividade à criticas ou a ser ignorado, é necessário ter um cuidado no tratamento e na socialização, eles necessitam de incentivos e atividades intencionais, e seu potencial (em comum com outros cães de muita energia, como os Huskies Siberianos) em desenvolver problemas ou até ser destrutivos se entediados, não são usualmente considerados apropriados para o dono de primeira vez ou sem experiência, ou alguem que não pode dár-lhes suas necessidades.

Saúde

Belgas sobretudo são uma raça bem saudável, especialmente comparados à outras tantas raças. Suas doenças mais comuns são epilepsia, displasia da bacia, problemas com a tireóide, e cataratas. Um estudo indica que 17% (um em cada 6) desenvolvem epilepsia, apesar de que a maioria deles irão apenas desenvolver uma epilepsia curta, repentina e ocasional e não irão ficar seriamente afetados com isso. A forma mais compacta dos Belgas significa que serão menos suscetíveis à desenvolver displasia do que Pastores Alemães ou outras raças (por volta de 8% ou 1 em 12). Catarata pode ser desenvolvida por volta de 2-4 anos.

Adestra Campinas